quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013


Não sinto meu corpo



















Quero um lugar!
Onde...
Eu possa deitar minha cabeça,
Fechar meus olhos.
Sentir o cheiro,
do vento.
Ouvir um canto,
suave.
Que seja só meu.
Um lugar...
Onde,
A saudade não seja parte,
O tempo, pare.
E me acaricie com um pouco, de tempo.
e não me envergonhe,
se lágrimas molhar meu rosto,
e secar no coração.
Um lugar... 
Onde,
O amor me aqueça,  
eu não sinta medo do fim.
E meu mundo,
será eternamente,
Uma doce lembrança.

Onde?

3 comentários:

  1. Querida amiga
    Há visitas aos lugares amigos,
    para recolher palavras.
    Há visitas a estes mesmos lugares
    Para semear palavras.
    A visita de hoje além da leitura
    das preciosas palavras que aqui encontro,
    é também para agradecer
    a alegria de passar pela sua vida
    e encontrar o perfume da amizade
    de forma tão intensa.

    Que a sede da alegria
    Nunca cesse em ti.

    ResponderExcluir
  2. Querida amiga

    As palavras
    que semeiam o pensar
    são preciosas.
    Delas nascem sentimentos
    que nos tiram do lugar comum
    e nos fazem sentir
    o perfume
    precioso da vida.

    Olha o céu de manhã.
    Vês como brilha iluminado
    por teus sonhos...

    ResponderExcluir